7 Dicas para você mesmo conservar a pintura do carro

A pintura do carro precisa ser protegida contra arranhões, excrementos de pássaros e lavagem automática.

Proteger a pintura do carro não é nenhuma tarefa de outro mundo.

Você só precisa tomar alguns cuidados básicos para que ela não seja arranhada ou deteriorada com o tempo.

Pensando nisso, preparamos um guia com 7 dicas de como você pode proteger a pintura do seu carro. Confira no post a seguir!

1- Os inimigos da pintura: excrementos de pássaros

Nem tudo que vem de cima é bom. Excrementos de pássaros e outros excrementos de animais são corrosivos.

E quanto mais substâncias corrosivas agirem na pintura do carro, maiores serão os danos.

Além disso, também é prejudicial à pintura automotiva a capa pegajosa que cobre os carros durante o inverno. Parece engraçado, mas o motivo é porque essa capa junta uma quantidade considerável de pulgões.

E o grande problema está no excremento de pulgões. Eles sugam o suco das folhas de limão e excretam o açúcar. Sob um sol escaldante, isso pode queimar a tinta.

Porém, tais danos não são irreversíveis e devem ser reparados por profissionais. Portanto, lave os excrementos de pássaros ou de pulgões o mais rápido possível!

O mesmo vale para insetos. Um repelente especial para insetos remove restos de animais da pintura do carro. Você pode removê-los facilmente durante a próxima lavagem.

2- Negligenciar a pintura: o erro mais comum

Quando você gosta do seu carro, lava-o toda semana. Negligenciar a manutenção regular é o erro mais comum cometido pelos proprietários de automóveis.

Se a pintura do carro é bem conservada, geralmente é mais resistente às condições externas.

A frequência de lavagem depende do tipo e uso do carro. Mas uma coisa é certa: a lavagem frequente não danifica a pintura do carro, desde que sejam seguidas certas instruções.

3- Usando cera após a lavagem do carro

Devemos usar uma cera após a lavagem? Com certeza! A cera protege a camada superior da tinta e a protege de condições externas.

E quando a cera deve ser aplicada?

Enquanto a água da chuva pingar na pintura do carro, uma nova aplicação de cera não será necessária.

O clima também desempenha um papel importante. Se você mantém seu carro em uma garagem, protege a camada de cera por mais tempo do que faria sob um abrigo simples ou ao ar livre.

Se você quiser tomar cuidado, aplique a cera uma vez na primavera e depois antes do inverno.

4- Panos: o jeito certo para lavar à mão

Você prefere lavar o carro à mão? A lavagem manual é considerada a lavagem mais suave para a pintura. Porém, é importante frisar: use sabonetes suaves com pH baixo – bem como esponjas, pincéis e panos macios e limpos.

Ao lavar com um dispositivo de alta pressão, mantenha distância. Se a pressão da água estiver muito alta, poderá danificar a tinta.

A distância correta entre a cabeça de pulverização e a pintura do carro depende do dispositivo e do modelo. Como regra geral: se o jato de água apontado para a sua mão dói, também dói no carro.

5- De volta à estrada, brilhando intensamente

A pintura do seu carro não brilha mais como no primeiro dia?

Ou você percebe pequenos arranhões? Então é hora de polir o seu carro. O polidor contém partículas abrasivas micro finas.

Eles limpam suavemente a superfície da tinta sem danificá-la. A cera preserva a tinta atualizada, protegendo-a de pequenas impurezas.

6- Reparação de arranhões na tinta: use tinta spray

Você poliu seu carro, mas as manchas e pequenos arranhões ainda aparecem?

O próximo passo é tirar tais manchas. Em relação ao reparo, não há método melhor que os outros, cada caso é específico. Portanto, especialistas treinados devem executar o reparo com tinta spray.

Não há necessidade de comprar um carro novo por causa de um arranhão.

Você pode simplesmente usar a tinta spray para dar um retoque final no seu carro.

A não ser, é claro, que os arranhões sejam muito profundos. Nesse caso, você deveria mandar o seu carro para uma empresa especializada nesse tipo de reparo.

Se não for o caso, um spray pode dar conta do recado. Apenas tome cuidado para fazer isso quando o carro estiver seco e, principalmente, protegido da poeira.

Por isso, o melhor lugar para realizar esse tipo de procedimento é dentro de uma garagem coberta! 

7- Sem brilho: a tinta fosca é um caso especial

As tintas foscas precisam de cuidados completamente diferentes! Por exemplo, o polimento não deve mais ser feito.

Isso porque o material abrasivo contido nos equipamentos de polimento remove a superfície áspera da tinta fosca.

A longo prazo, os pincéis para lavagem de carros também têm um efeito de suavização na tinta fosca, e o uso da cera também pode danificá-la.

É por isso que é altamente recomendável lavar à mão ou com uma lavadora de alta pressão com produtos especiais de limpeza e manutenção.

Todos os outros tipos de tinta, como tinta metálica, não requerem tratamento especial. Essas tintas são cobertas com uma camada de verniz transparente e não requerem cuidados especiais.

Você gostou das nossas 7 dicas para cuidar bem da pintura do seu carro?

Saiba que para manter o seu carro sempre em segurança, o ideal é ter um seguro para automóvel. Acesse esse link para saber mais sobre a solução da TZ Seguros!

Preto Café Editoria

Portal com as melhores notícias e conteúdos diários escolhidos especialmente para você. Aqui no Preto Café só fica mal informado quem quer. Seja bem vindo e desfrute do melhor portal de conteúdo da internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo