Câncer bucal: o que é, sintomas, prevenção e mais!

O câncer bucal é uma doença que afeta 15.190 brasileiros por ano, de acordo com dados de projeção do INCA. Desse total, a previsão é de que 11.180 casos sejam diagnosticados em homens e 4.010 em mulheres.

O INCA também destaca uma particularidade desse tipo de câncer que deixa um sinal de alerta: 50% dos casos são diagnosticados já em fases avançadas da doença. 

Estar atento à saúde bucal, ter hábitos saudáveis e manter a regularidade nas visitas ao dentista ajuda a prevenir o câncer de boca. 

Então, a melhor estratégia é realmente a prevenção. Quer entender melhor sobre o câncer bucal, sintomas e como se prevenir? Continue a leitura e confira!

O que é câncer bucal?

O câncer bucal (ou câncer da cavidade oral) é uma doença que desenvolve um tumor maligno nas estruturas da boca como lábios, gengivas, glândulas salivares, palato duro, céu da boca, bochecha, nas bordas ou na região debaixo da língua

Como citamos acima, a taxa de mortalidade por tumor de boca é alta devido ao diagnóstico tardio que acontece em 50% dos casos. 

Por isso, pessoas que têm o hábito de fumar (tabagismo) e ingerir bebidas alcoólicas (etilismo) devem ter bastante atenção, pois segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a combinação desses dois fatores potencializa as chances de desenvolver câncer bucal.

Quais são os sintomas de câncer bucal?

Por ser uma região interna, é preciso ter atenção redobrada para observar e identificar os principais sinais do câncer bucal. São eles:

  • Rouquidão persistente na voz;
  • Lesões (que também podem parecem feridas) na cavidade oral ou nos lábios. Fique atento se não acontecer a cicatrização em até 15 dias, se houver crescimento das lesões e sangramentos;
  • Caroços no pescoço;
  • Manchas vermelhas ou esbranquiçadas nas bochechas, céu da boca, língua e gengivas.

Os sinais acima podem chamar a atenção em estágios iniciais da doença, aumentando as chances de um diagnóstico precoce. Porém, também é importante ficar atento aos sinais que indicam um quadro mais avançado como:

  • dificuldades no falar;
  • problemas em mexer a língua;
  • impressão de estar com algo atravancado na garganta;
  • problemas de mastigação e na hora de engolir.

Não deixe de cuidar da higiene bucal com frequência, pois o olhar periódico de um profissional também contribui para que possíveis sintomas não passem despercebidos.

O principal é ser ágil e não demorar para fazer exames mais profundos se a situação exigir.

Como é feita a detecção e o diagnóstico?

Os sintomas visuais podem ser identificados pelo próprio paciente ou pelo dentista em uma consulta de rotina. 

O primeiro passo é pedir uma biópsia em casos de lesões e manchas para identificar se é um tumor maligno ou não. O procedimento é simples e feito com anestesia por um profissional capacitado.

Exames de imagem como tomografia computadorizada e ressonância magnética também auxiliam no diagnóstico, na verificação de metástase e no tamanho. 

O aprofundamento dos exames vai variar de acordo com cada caso. O principal, é detectar o câncer bucal o mais cedo possível para reduzir as chances de passar por um tratamento mais agressivo.

Quais os tipos de câncer de boca?

A biópsia pode detectar três tipos principais de câncer bucal:

Carcinoma de glândulas salivares

É um tipo de câncer bucal localizado nas glândulas produtoras de saliva. Os sinais podem ser identificados com o aumento de dores no rosto, pescoço ou boca. Uma ressonância magnética pode ser feita para verificar a localização, tamanho e se existe massa nas glândulas salivares. 

Carcinoma de células escamosas ou espinocelulares

Representa mais de 90% dos diagnósticos de câncer bucal. Está presente, inicialmente, nas células do revestimento da boca, mas pode chegar às camadas profundas causando sintomas. É identificado pela presença de células em formato achatado. 

Carcinoma verrucoso

O carcinoma verrucoso é uma variação do tipo anterior. Sua incidência representa apenas 5% dos casos. Suas principais características são que ele não se espalha para outras partes do corpo (metástase) e a taxa de crescimento é baixa. Por isso, é classificado como um tumor bucal de baixa complexidade.

Tratamento do tumor de boca

Depois de concluído o diagnóstico, uma das opções de tratamento é a cirurgia tanto para a remoção de tumores maiores quanto para lesões menores. Nos casos da remoção de tumores, a cirurgia é mais complexa.

Dependendo do caso, pode ser necessário remover áreas adjacentes e fazer reconstruções, então, é aproveitado o mesmo procedimento. 

Quando o tratamento cirúrgico não é uma alternativa viável, seja pela possibilidade de deixar sequelas funcionais, causar dificuldades na reabilitação ou afetar a qualidade de vida do paciente, o tratamento é feito com radioterapia e quimioterapia.

A radioterapia também pode ser usada para complementar o tratamento cirúrgico e aumentar as chances de obter um bom resultado. 

Assim como em outros tipos de câncer, no câncer bucal forma-se uma equipe multidisciplinar para garantir o melhor tratamento e prevenir complicações e sequelas.

Como prevenir o câncer de boca?

O INCA tem recomendações objetivas para prevenir o câncer bucal, que contribuem para ter mais qualidade de vida em geral e se manter longe de riscos como:

  • Não fumar;
  • Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Não manter o hábito conjugado de consumir álcool e tabaco, pois é um fator agravante;
  • Manter o peso corporal com atividades físicas e alimentação equilibrada;
  • Fazer a higiene oral correta após as refeições;
  • Usar preservativos na prática do sexo oral.

Priorize a sua saúde e tenha hábitos mais saudáveis para evitar não só o câncer bucal como também outros problemas de saúde. 
Este post foi escrito especialmente para o blog Preto Café e é uma iniciativa do Instituto Maxilo Facial para destacar a importância do diagnóstico precoce e do tratamento do câncer bucal e a valorização de hábitos de vida mais saudáveis.

Preto Café Editoria

Portal com as melhores notícias e conteúdos diários escolhidos especialmente para você. Aqui no Preto Café só fica mal informado quem quer. Seja bem vindo e desfrute do melhor portal de conteúdo da internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo