O que é copywriting: para que serve, benefícios, como usar e mais

Entender o que é copywriting é essencial para qualquer negócio que deseja se introduzir no meio digital ou alavancar vendas e metas. Afinal, trata-se de uma forte arma de interação com o público-alvo e que faz toda a diferença.

Só que, antes de tudo, é necessário descobrir de uma vez por todas o que é copywriting, para que serve e quais são suas vantagens. Só assim você conseguirá entender por que sua empresa precisa aplicar suas técnicas.

Então, se você quer estreitar os laços com seu público-alvo de forma efetiva e melhorar seus resultados, fique até o final do conteúdo. Às vezes o copywriting é exatamente o que falta para sua estratégia de marketing no e-commerce e para o sucesso do seu projeto.

O que é copywriting?

É a escrita criativa que tem como objetivo persuadir o leitor a tomar determinada ação. 

Para isso, ela usa de recursos e gatilhos mentais para a produção de seu conteúdo. Sendo então, uma redação otimizada e focada nos resultados.

É diferente da redação publicitária ou outros tipos de escrita e o seu diferencial está justamente no foco. Não basta passar informações ou iniciar um diálogo com o público, é preciso ir além.

Esse “além” é justamente a indução à ação do público-alvo. Por isso, em resumo, podemos responder o que é copywriting falando que é uma escrita persuasiva focada nas vendas ou fortalecimento de ideias. 

Aproveite o vídeo abaixo para aprofundar sobre o que é copywriting e como aplicar no e-commerce.

Para que serve copywriting?

Entendi o que é copywriting, mas para que essa prática realmente serve? Para melhorar o desempenho de campanhas, projetos ou da sua marca como um todo. 

Atualmente, em tempos de marketing digital, na maioria das vezes é por meio do texto que a comunicação com o público acontece. Até quando fazemos vídeos ou gravamos algum podcast, precisa de um roteiro textual para preparar algo de qualidade.

Por isso, o copywriter é a figura que elabora, organiza e afia esse texto para estar o máximo persuasivo e estratégico. Então, como resultado de um bom copie, há um maior engajamento da sua persona com a sua marca.

Benefícios de um bom copywriting

Não é só sobre ter um copie, mas sim sobre ter um bom copie. O redator precisa saber as técnicas, recursos disponíveis e ter uma boa noção de como gerar as emoções necessárias para estimular a ação do leitor. Falaremos mais sobre como fazer isso no próximo tópico.

Então, considerando que você consiga um copywriter que seja realmente capacitado, alguns benefícios que você encontra com tal prática são:

  • fortalecimento da marca,
  • melhora em conversões,
  • mais vendas,
  • maior alcance do público,
  • fidelização de clientes,
  • aumento de ticket médio,
  • maiores promotores da marca.

Logicamente, não se trata de uma prática milagrosa. Para realmente chegar a tantos resultados é importante que o marketing da empresa esteja amarrado como um todo.

Para isso, o necessário é que, idealmente, já tenha uma persona definida do público-alvo e um branding afiado. 

Sem contar que o copy deve estar aliado a boas estratégias de marketing digital, como inbound e marketing de conteúdo.

Como fazer um bom copywriting?

Para implementar o copywriting você vai precisar dominar certas habilidades. Sendo algumas delas:

  • Boa escrita: poucos erros e conhecimento da linguagem fazem total diferença. Não tem como fazer uma boa redação quando se escreve mal.
  • Marketing: é fundamental ter um saber aprofundado da área de marketing. Conhecer pontos como jornada de compra do consumidor e etapas de funil de venda ajudam nas escolhas criativas.
  • Conhecer a persona: para estabelecer uma comunicação assertiva e persuasiva, precisa saber com quem se fala.
  • Pesquisa: ser uma mestre nas pesquisas, reunindo, sintetizando e articulando informações. Tudo para deixar o texto mais embasado e rico.
  • Gatilhos mentais: conhecer quais são os mecanismos emocionais que estimulam a decisão, levando a persuasão (autoridade, afinidade, compromisso e coerência, aprovação social, escassez e, por fim, reciprocidade).

Essa é uma síntese das habilidades necessárias para quem procura saber sobre como fazer um bom copywriting.

Áreas para o copywriter

Para finalizar o conteúdo sobre o que é copywriting, precisamos também falar sobre as áreas que cabem a tal profissional exercer.

Como já falamos, o copywriting é a escrita persuasiva focada em vendas ou fortalecimento de ideias. Essa produção textual engloba uma amplitude no marketing, sendo literalmente qualquer texto, como por exemplo:

  • posts para redes sociais,
  • conteúdos para blogs,
  • landing pages,
  • e-mail marketings,
  • descrições,
  • campanhas publicitárias.

Ou seja, o copy usa a palavra como instrumento persuasivo em diferentes canais e formatos. Podendo, assim, estar presente nos setores criativos da marca.

Portanto, é possível para o copywriter atuar nos seguintes setores:

  • Marketing digital
  • Inbound marketing
  • SEO
  • Marketing de conteúdo
  • Social Media

Entre outros, visto que é uma área ampla e que abarca diversos setores. No que diz respeito às oportunidades, em uma pesquisa de vagas pelo Linkedin foram encontrados 553 resultados, em conjunto com 184 vagas no site Indeed.

Conseguiu entender o que é copywriting?

Compartilhe o conteúdo com aquela pessoa que também queria saber mais a respeito dessa área. Assim ela também fica por dentro da importância de ter tal profissional na equipe.
Este artigo foi escrito pela Apps Ecommerce, desenvolvedora de aplicativos para Shopify como Parcelamento Installments, Boleto Recovery e Shoplinks.

Preto Café Editoria

Portal com as melhores notícias e conteúdos diários escolhidos especialmente para você. Aqui no Preto Café só fica mal informado quem quer. Seja bem vindo e desfrute do melhor portal de conteúdo da internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 1 =

Voltar ao topo